Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

04
Dez 09

Após prolongada doença, faleceu a Prof. D. Inês Melo.

Para memória presente e futura, impõe-se dizer que a D.Inês foi uma professora dedicada e competente, educadora de centenas e centenas de alunos, quer no Ensino Primário ou Básico, quer como explicadora de alunos a exames do Liceu.

Juntamente com seu marido, Prof. José Azevedo, preparou muitos alunos do concelho para exames de admissão, e dos 2º e 5º anos do Liceu. Um trabalho muito meritório, precursor do antigo Externato General Lacerda Machado, onde a D.Inês e o Prof. Azevedo foram docentes.

Aqui fica a minha homenagem póstuma não só a ela e a outros professores ainda vivos e a outros que já partiram, e o lamento de que esse trabalho que abriu a tantos rapazes e raparigas um caminho diferente e melhor nas suas vidas, ainda não tenha sido reconhecido, como merecia, pelas entidades competentes.

Mas a D.Inês foi também a primeira mulher do concelho e da Ilha do Pico, a desempenhar empenhadamente e por amor à sua terra, o cargo de vereadora eleita à Câmara Municipal das Lajes do Pico, pelo Partido Socialista.

A sua prestação cívica, levou-a ainda à Presidência da Filarmónica Liberdade Lajense, instituição que durante algumas dezenas de anos foi regida por seu pai Francisco Moniz de Melo.

As qualidades e méritos das pessoas não se resumem a uma simples nota fúnebre. "Só Deus conhece o coração de cada homem". Mas pelas suas boas obras, a D.Inês Melo é digna do maior apreço e gratidão de todos os lajenses, que tão cedo não esquecerão o seu exemplo de sacrifício perante a cruz que a vitimou.

Ao Prof. Azevedo e suas filhas, as nossas sentidas condolências.

 

 

 

publicado por sim às 18:40

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO