Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

24
Abr 10

Está marcada para o dia 2 de Maio a abertura ao público do Lajeshoping.

A inauguração da primeira média superfície das Lajes, acontecerá no dia 1 de Maio, Dia Mundial do trabalhador, data cujo simbolismo nunca é demais relevar.

A média superfície comercial, tem seis lojas e um restaurante e uma estrutura de armazenagem, dotada dos mais modernos equipamentos de recepção e acondicionamento de mercadorias. A sua abertura proporcionará a ocupação de umas dezenas de postos de trabalho.

O Lajeshoping é o maior investimento privado realizado nos últimos anos no sul do Pico, destinado a servir uma população que até agora tinha de deslocar-se a outras médias superfícies na Madalena para adquirir bens de consumo.

Oxalá os consumidores sejam bem servidos e que a concorrência funcione!

O maior sucesso aos seus proprietários!

publicado por sim às 01:36

10
Abr 10
O retábulo do altar-mor de Matriz das Lajes do Pico foi inaugurado Quinta-feira Santa. É um trabalho de Gilberto Ferreira, concepção e execução e foi oferecido por Olívia Santos, viúva de Calvino Fonseca Santos.
Dispensamo-nos de dar a nossa opinião sobre este trabalho. Nele foi inserido parte do retábulo do altar-mor da antiga igreja matriz das Lajes. Todavia, segundo noticiou o pároco, este projecto não foi visado pela Comissão Diocesana de Arte Sacra. Oxalá em futuras iniciativas aquele organismo diocesano seja convidado a pronunciar-se.
publicado por sim às 17:49

07
Abr 10

Fizeram-me chegar estas fotos do magnífico concerto de Páscoa, ocorrido no Salão da Filarmónica Liberdade Lajense.

A banda, que tem uma média etária inferior aos 30 anos, apesar de continuar com uma mão cheia de dedicados tocadores com uma idade acima dos 60 (O Faria já ultrapassou os 80), actuou muito bem. Peças modernas, com ritmo e interpretação cuidada. Uma prenda doce, muito agradável, bastamente aplaudida.

 

Também de muita qualidade foi a actuação do Grupo Coral das Lajes do Pico.

Novas músicas com arranjos do Maestro Emílio Porto.

Interessante foram as interpretações polifónicas dos Hinos de Portugal, dos Açores e do Espírito Santo, assinalando o centenário da República.

 

 

 

Segundo o nosso informador, valeu a pena o Serão (os acepipes estavam o máximo!) e, mais uma vez, o salão encheu-se. Infelizmente, não estive presente.

Bem hajam às duas instituições culturais!

publicado por sim às 23:36

03
Abr 10

São os votos de todos quantos colaboram neste blog.

Neste tempo pascal, em que a vida é impregnada de uma nova luz, saudações amigas a todos os nossos leitores, comentadores, críticos discordantes e críticos concordantes.

É neste confronto de opiniões que se constrói o futuro das pessoas, das localidades e da humanidade em geral.

O fenómeno da GLOBALIZAÇÃO abriu-nos, inevitavelmente, ao mundo e neste momento não há fronteiras de culturas, de linguas e de território.

Somos cidadãos do mundo e é nele que nos inserimos.

Esta é a novidade que temos de assimilar nesta Páscoa, pois Jesus Cristo morreu por todos os homens.

Ontem e hoje a humanidade foi salva por Deus.

ALELUIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

publicado por sim às 23:06

02
Abr 10

Já foram iniciadas as obras de construção da via de acesso entre o muro do Caneiro e a muralha de defesa da Vila das Lajes.

Uma máquina no local procede

 às terraplanagens e espera-se que este seja o início de outras.

É que o mar do inverno continuou a mexer com a muralha. Alguns blocos foram visivelmente deslocados, não só ao longo do pontão, mas também na cabeça do molhe. O farol, o mar levou num ápice, porque não tinha fundações convenientes. E tanta necessidade faz, nomeadamente para quem não conhece a entrada do porto. São muitas reparações que só a partir de agora podem ser feitas para acautelar males maiores e irreparáveis.

Há também necessidade de se proceder, rapidamente, à sinalização da nova bacia e até do interior

da Lagoa, para evitar que as embarcações de fora, que desconhecem os fundos, arrastem os cascos em zonas de baixa profundidade, como já sucedeu algumas vezes.

O porto de pescas e de recreio das Lajes necessita de uma atenção cuidada e rápida para que possa responder, convenientemente, às funções para que foi criado.

Vamos a isso! 

publicado por sim às 11:22

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO