Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

05
Set 08

No próximo dia 6 o Presidente do Governo desloca-se às Lajes para proceder à inauguração das obras de ampliação do Museu dos Baleeiros das Lajes do Pico.

O acto inaugural terá lugar às 11h30.

Este empreendimento vai dotar aquela instituição museológica, a mais visitada dos Açores, com novos espaços para poder expôr e acautelar todo o espóleo reunido ainda antes da inauguração/abertura do Museu, em 28 de Agosto de 1988, Domingo de Lourdes, pelo Presidente do Governo em exercício, Raúl Gomes dos Santos. 

Recorde-se que o Presidente da Comissão instaladora do Museu foi Helder Dinis, Ermelindo Ávila o secretário e Francisco Joaquim Machado o tesoureiro.

Entre o ano da abertura e 1997, o Museu recebeu cerca de 160 mil visitantes, o que demonstra bem a sua importância e complementaridade na actividade do whale-watching. 

Importa que o Centro de Artes e de Ciências do Mar e o Museu dos Baleeiros se comportem como estruturas complementares. Só assim as Lajes retirarão proveito dos investimentos feitos na área da cultura quer pelo Município quer pelo Governo Regional. 

 

publicado por sim às 19:44

Pena não haver eleições todos os anos.. Com papas e bolos..
Anónimo a 6 de Setembro de 2008 às 02:05

Grande mamarracho implementaram na vila.

Parecia-me que tinha sido inaugurado pelo Secretário Regional da Educação António Maria Mendes, o tal que se atrasou porque não resistiu a tomar um banho de mar defronte do Hotel Caravelas, antes da sua vinda para as Lajes para essa ianuguração. Lembram-se desta?
Rui Pedro Ávila a 7 de Setembro de 2008 às 19:08

É pá você anda a remecher no baú das velharias, nem eu já me lembrava dessa cena, muito bem lembrado. Continue a recuar e a remecher veja se encontra algum informador da PIDE
O museu dos baleiros é fundamental para as Lajes e ilha mas o raio da obra é feia como o diabo.

Na minha modesta oponião a obra de ampliação ficou bem enquadrada naquele contexto. Naturalmente que teriamos que fazer algo diferente e não igual ao que já tinha sido feito, para também deixarmos uma marca da nossa passagem. Poderia ter sido diferente? Concerteza, mas ai teriamos que fazer muitas ampliações para todos os gostos. Francamente gostei muito de ver o que se fez na minha Vila, mesmo sendo considerado uma "mosca de verão", o campo de futebol, o parque, o porto de pescas, o porto de recreio, o forte, a fabrica da baleia etc. veio dar um outro rumo ao desenvolvimento da nossa terra. Não esquecendo que a retirada da pesqueira foi uma das medidas que mais gostei , defendo sempre a minha terra!!!!

P.S. Em relação à nova entrada para o porto das lages, e depois de terem gasto imenso dinheiro, não terem tido o cuidado de tirarem mais umas pedrinhas...

Medina
josé manuel medina a 12 de Setembro de 2008 às 11:14

Aquilo está bom de verdade. A inverja de alguns são a melhor prova do que deixo escrito. Melhor não poderia ser feito. E com arte. Parabens!
anonimo a 12 de Setembro de 2008 às 12:37

Esta obra é da autoria do arqº Paulo Gouveia, um dos melhores arquitectos portugueses! Se quiser diga que "acha que é feio" porque achar pode achar o que quiser, agora dizer que algo é assim ou assado é que não... é uma ofensa
Joao Santos a 16 de Novembro de 2008 às 00:05

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
30


eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO