Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

18
Nov 08

 Faleceu hoje o Padre José Idalmiro Ferreira.

 O Pico está, dolorosamente, mais pobre, pois o Pe Idalmiro, ao longo da sua vida sacerdotal, para além de pároco nas freguesias de Sto Amaro, Sto António e São Roque, foi um orador sacro de grande prestígio, muito requisiado e escutado não só na sua terra como também junto das comunidades imigrantes da Califórnia.

No seu livro "ESTA TERRA ESTA GENTE" O Pe Idalmiro traduz a sua ligação e conhecimento da vida difícil do homem do Pico que travou no mar e em terra uma luta corajosa  pela sobrevivência. 

Várias vezes o Pe José Idalmiro pregou na Festa de Lourdes, quer no Sermão da Pesqueira quer no novenário.

Desaparece um homem culto, investigador e estudioso da história da sua terra, nomeadamente do Concelho de São Roque onde ele paroquiou e de cuja Ouvidoria foi responsável.

Desaparece também uma figura muito respeitada, que nunca se cansava de mostrar a sua Ilha aos amigos forasteiros.

Que Deus o tenha na sua eterna felicidade!

 

publicado por sim às 19:03

O Pico, realmente, ficou mais pobre e está de luto. Ficou mais pobre a Família, a Igreja, a Comunidade que serviu, os Amigos e todos os que tiveram o previlégio de privar com ele. Nesta época de crise, que não só económica e financeira, faz muito falta Gente de valor como o Homem que agora partiu. Estou certo de que a Ilha inteira se cobriu, uma vez mais, de negro.
Paz à sua Alma e o meu respeito.
artur xavier a 20 de Novembro de 2008 às 21:14

Ao amigo Sr. P. José Idalmiro
Com enorme respeito por toda a sua vida

A 18 de Novembro, em sabendo o triste desenlace, logo rumaram à Matriz da vila de S. Roque, inúmeros amigos, admiradores, simples cristãos que adoravam as suas pregações, tantos e tantos, às centenas, que durante esses dias vieram de longe e de perto.
Vieram dar o seu testemunho do que todos nós também tínhamos testemunhado ao longo dos anos, uns mais que outros: O Sr. P. José Idalmiro , o sacerdote, o pregador sacro e o orador erudito, o professor, o historiador, o escritor, o sociólogo, o ensaiador de teatro e o criador de peças teatrais populares e históricas, o sócio honorário de inúmeras sociedades socioculturais desta ilha, o Cidadão Honorário do município de S. Roque do Pico e o Comendador da Ordem de Mérito da República Portuguesa, esse homem enorme de alma e de coração socialmente aberto a todas as classes sociais e amparo dos mais desfavorecidos, o nosso amigo P. José, realizou neste mundo uma caminhada plena em prol dos irmãos e da fé cristã que, ele como poucos, tão bem soube anunciar, quantas vezes qual missionário, por essas comunidades emigrantes mundo fora.
Ainda é cedo para avaliar toda a sua imensa obra e pena é que o seu último livro não tenha sido publicado em vida…
Com o Sr. P. Idalmiro tive o privilégio de acompanhar muitos momentos da vida paroquial e social desta vila de São Roque.
Mas por tudo o que se possa dizer, muito mais ficará à espera da confirmação duma riqueza vivencial que, só daqui a alguns anos, a verdade da história o irá ilustrar com rigor, enaltecendo sobremaneira muitas mais qualidades humanas, sociais, de inteligência, de disponibilidade total, de aprofundamento de ideias e de valores, de criatividade imensa, que muitos de nós, os seus amigos e admiradores, algumas delas tivemos a oportunidade de apreciar.
Como escrevi noutro local, com o desaparecimento do número dos vivos do Sr. P. José Idalmiro e de Dª Josefina Canto e Castro, encerra-se um ciclo cultural de ouro nesta vila, que tarde será alcançado…
É sempre assim, quantas vezes só se reconhece o real valor de alguém, depois de já não estar no nosso convívio. Felizmente que, com o P. José Idalmiro não foi assim, mas talvez tivesse sido de justiça atribuir o seu nome, em vida, à Biblioteca Municipal recentemente inaugurada… Mas nunca é tarde…
Apresentando as minhas sentidas condolências à sua família, endereço com enorme respeito e gratidão, o meu emocionado abraço com um
Até Sempre amigo Sr. P. José Idalmiro
Rui Pedro Ávila a 26 de Novembro de 2008 às 19:29

Gostaria de saber se o livro escrito pelo padre idalmiro Ferreira estará a vender?
Constantina Alves Teixeira a 29 de Março de 2010 às 23:45

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO