Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

21
Abr 09

Ainda estou para saber - e como eu tantos outros!-  quando acabará a construção deste espaço comercial.

Quando a empresa proprietária pretendia construí-lo, pressionou a Câmara para desanexar os terrenos. Agora é o que (não) se vê. Até quando?

O pior é que os consumidores não têm alternativa, a não ser que se desloquem a 20 ou 36 kms para comprar fora de casa...

Assim vai a nossa concorrência: ou compra nas Lajes, ou compra na Ribeira do Meio. O patrão é o mesmo. As lojas é que são um pouco diferentes.

Não há quem dê volta a isto?

A quem cabe dar um abanão neste imobilismo?

Ou teremos um mamarracho, inacabado, junto ao complexo desportivo?

 

publicado por sim às 23:49

Mamarracho que devia ser explodido. Depois, podiam fazer uma parceria com a Câmara para usarem o novo teatro. Aos domingos põem as cadeiras e duranta a semana faz de hiper.

Em vez de ancora-parque (que nome tão feio) podia ser hiper-cultura e podiam vender livros do chefe, batata doce e camisolas com baleias.
Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 09:18

Ningué diz nada. Tudo está bem. São os novos ares. Cada um por si e Deus por todos...
Anónimo a 23 de Abril de 2009 às 13:18

http://www.youtube.com/watch?v=pZonZntFU7Y

E o povo pá?
Anónimo a 24 de Abril de 2009 às 09:49

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
22
23
24

26
27
28
29
30


eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO