Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

22
Mai 09

Há uma ponte romana, provavelmente do tempo do povoamento, situada junto ao que se julga ser a casa de Fernão Álvares, na Ribeira do Meio, que constitui um importante monumento do nosso património histórico.

Várias vezes tem sido feito alertas a quem de direito, para que essa pequena ponte fosse não só acautelada, como também identificada com informação histórica conveniente, mas disso não se tem feito caso.

No início da época turística, tinha todo o interesse sinalizar não só este como todos os monumentos históricos desta avoenga Vila, mais antiga da Ilha.

Os visitantes agradecem e é sinal de que sabemos receber os que demandam esta terra em busca de algo diferente para apreciar,

E isso temos de sobejo!

 

publicado por sim às 23:49

Se temos de sobejo, para quê restaurar uma coisa de tal forma vaga na história? Ninguém acredfita.
Anónimo a 23 de Maio de 2009 às 12:39

Quando historiadores credenciados referem a origem da ponte - nem seria preciso fazerem-no pois qualquer entendido compreende tratar-se de um monumento muito antigo - só temos é que citar a fonte e sinalizar a construção.
"Vago" é o termo utilizado por quem não quer mexer uma palha e deixar ficar tudo como está.
A tão polémica pedra de Dayton , é um bom exemplo de que, apesar das dúvidas e das interpretações, nada se deve perder no esquecimento.
Povo que mata a sua memória, não tem alma, não tem história nem terá futuro.
sim a 23 de Maio de 2009 às 18:39

O problema é que talvez falta por cá um doutor Luciano. Ou não será?
Anónimo a 23 de Maio de 2009 às 23:32

Vejo anualmente essa ponte.
Com pena.

É absolutamente essencial preservá-la.
E, estou certo, nem será gasto muito dinheiro.
jose augusto soares a 24 de Maio de 2009 às 17:12

Esta ponte é para morrer assim e ponto final, mas perguntem aos nossos politicos, pois agora em época de eleições pode ser que algum se comprometa.
Já agora alguem sabe quais o futuros candidadtos à camara (sabemos os cabeças de lista, mas os outros...) e os candidatos às restantes juntas de freguesia? (é que não é só a das Lajes tambem temos outras e não se ouve falar em nada).
anonimo a 24 de Maio de 2009 às 17:36

NO psd recandidatam-se os actuais presidentes e nas lajes avança o Joao Duarte. No ps dizem que esta confirmado angela em sao joao, roberto soares nas ribeiras, joao sequeira na calheta, claudio na piedade e antonio azevedo na ribeirinha. Nas lajes fala-se no paulo alves. será verdade? é esperar pra ver... Para a camara no psd continuam os mesmos 3 e no ps roberto, mario tome e angela silva. O jornal aqui referido é a fonte.
iLHA MAIOR a 25 de Maio de 2009 às 00:02

Não acredito que o PSD mantenha os mesmos três, seria uma vergonha estar a pagar a um(a) vereador(a) um ordenado daqueles para nada fazer e revelar uma incopetência gritante em tudo o que faz, é o que se diz à boca cheia por parte de quem trabalha na Câmara. Só quer é estar sentada e passear para tomar café e não faz nada, nem no desporto nem na cultura nem nas instituições onde representa a camara. Não fez nada com os idosos nem com os jovens. Aliás a incompetencia revelada na organização do Baleia de Marfim é só a ponta de um iceberg. Faz um horário tipo funcionário publico tem hora de chegar e de sair.
Não é que o outro vereador tenha feito muito melhor, mas esse como vai na lista vamos guardar as criticas mais para a frente, no entanto revela simpatia e disponibilidade para estar junto das pessoas.

Quanto ao PS não é a angela silva mas sim o hildeberto peixito, o filho do Raulino.
sasa a 26 de Maio de 2009 às 11:18

Penso que nenhuma das listas á câmara está certa. O sérgio vai, já foi convidado há muito tempo, mas deve haver renovação. Pelo que se ouve dizer a filha do Aires em principio não continua, ou então continuará mas depois por nomeação para qualquer acessoria, ela já faz agora tipo funcionário publico. O Claudio renovou sempre o Jorge Rodrigues também, no cais também vai haver.
Na lista do pS é uma grande injustoça se o Hernani não entrar e penso que ele irá entrar e não a filha do Manuel Hirberto. O neto do serafim das Ribeiras esse parece certo,.
semião a 26 de Maio de 2009 às 12:47

Quem vai com o Roberto é a Drª Natacha Machado.
A Sara vai ter um osso duro de roer na Assembleia Municipal, ainda para mais o Serginho é discipulo do Claudio.
joao das coivas a 26 de Maio de 2009 às 15:34

Desculpem-me dar o meu palpite, mas escrever neste estilo "a filha do Aires", o "neto do Serafim", é baixar um pouco o nível. As Pessoas têm nome próprio e expressar, neste estilo, o nosso ponto de vista só revela uma coisa: falta de carácter e baixa índole. Tenham paciência e senso. Bom senso!
anonimo a 26 de Maio de 2009 às 21:16

Não percebo porque referir as familias baixa o nivel, é uma maneira mais facil de se conhecer e associar as pessoas para quem está longe. Ainda em março quando fui entregar o IRS e a vereadora vanda ia a passar fora do convento e depois entrou, um senhor que só conheço de vista perguntou se aquela senhora trabalhava nas finanças? Depois de dizer que não que era a vereadora ele diz "ah é a filha do Aires"... Portanto é só par amelhor se identificaer.
semião a 27 de Maio de 2009 às 17:26

A ponte já está degradada a muito tempo, mas também a casa e o terreno ao lado que está a servir de parque a particulares mas aquilo não deve interessar ao Chefe para ele não deve ser cultura, que devido á proximidade do Centro de Artes era um ponto em ter em conta.
Anónimo a 25 de Maio de 2009 às 14:07

É verdade que o chefe poderia ligar a esta ponte devido à proximidade da fábrica da baleia etc. etc. mas não nos esqueçamos que o historiador José E. Saraiva esteve a já alguns anos nesta vila e alertou o actual presidente do museu, sobre a dita ponte, mas de lá até hoje nada foi feito e que eu saiba o presidente do museu é da cor politica do governo, será que ele não poderia ter feito alguma força para se fazer ali algo.
Não vamos só a atacar o chefe porque ele não é responsável por tudo de mau que acontece neste conselho.
anonimo a 25 de Maio de 2009 às 23:43

Este assunto é interessante. Lembro-me bem, se me engano que mo desmintam, que quando o PSD ganhou a Câmara das Lajes em 1992, uma das primeiras deliberações vindas a público teria sido a aquisição da dita " casa do primeiro povoador", situada junto a essa PONTE ROMANA (?) DA RIBEIRA DA BURRA... FOI ASSIM? Se sim então era de todo o interesse que o conjunto fosse tratado num digamos "Plano de Pormenor" dentro do planeamento municipal. É uma sugestão. Mas uma sugestão construtiva, não a interpretem de outro modo por favor.
Rui Pedro Ávila a 26 de Maio de 2009 às 23:28

Se é ou não histórica, já passei há muito do meio século e sempre me lembro dela ali. É de todo em todo lógico, que aquela ponte romana ou lajense como quiserem, não foi feita no século passado, mas há muitos mais séculos e a prova é que o que foi feito foi feito com consistência e sabendo o que se estava a fazer e não é ilógico que o primeiro povoador não tenha feito aquela casa que está ocupada por uma grande figueira, plantada ali por motivos saudosistas, só por construir. Era a ribeira com água potável que corria e sabemos que a pluviosidade há 500 anos era muito maior do que a que agora existe e para se atravessar a ponte para se seguir para as Lajes onde chegou o primeiro povoador, mais concretamente à Maré, tinha que se atravessar a Ribeira e sabemos como em dias de chuva ela corre torrencialmente. É uma ponte com muitos séculos de existência e disso não tenham dúvida e a casa é de certo a primeira que foi construída neste lindo lugar que dá pelo nome de Lajes do Pico. Aproveitem o que de histórico temos, porque povo que não tem história não pode sobreviver.
Estamos conversados?
Por favor não confundam leições nem chefe nem outras coisas comesinhas , porque isso é pouco dignificante.
Discutam e apresentem opiniões válidas aos temas apresentados.
E por aqui me fico!
Anónimo a 1 de Junho de 2009 às 04:11

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO