Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

16
Jul 09

Os trabalhos de reparação da fachada da Matriz decorrem, normalmente.

Tarde é o que nunca chega, diz o povo. As obras aí estão, quase a concluir-se.

Segundo foi referido, a Câmara Municipal comparticipou, grandemente, a empreitada. E bem, pois o contributo dos fiéis chegou para quase nada. Talvez porque as pessoas não foram devidamente envolvidas no processo, talvez porque não lhes foi devidamente explicado o que se pretendia fazer, talvez por ausência de uma pastoral que convoque as pessoas para o testemunho e para a evangelização. Muitos talvez para se encontrar razões para o aprofundamento da Fé.

Oxalá, com a cara lavada, a Matriz seja de novo o ponto de encontro para quem deseja louvar a Deus e aprofundar a Fé, Esperança e Caridade, neste nosso pequeno mundo, onde as questiúnculas se sobrepõem, tantas vezes, ao fundamental da Fé.

Parabéns aos promotores da iniciativa! Um apelo a que os Lajenses reencontrem na sua Matriz motivo para a Festa, louvando Deus, nos irmãos!

publicado por sim às 18:24

Finalmente. Agora posso dizer aos meus amigos que não têm PC que afinal a Igreja das Lajes regressou ao ano da inauguração já lá vão 42 anos. Quantos nasceram entretanto e quantos já morreram e não tiveram a dita de ver a sua Matriz de cara lavada. Quero quando aí chegar tirar muitas fotos para depois mostrar aos meus amigos que afinal...«Mais vale tarde do que nunca!»
Um obrigado ao Padre Rui, à Comissão e à Câmara Municipal. Abaixo as politiquices. Outros por lá passaram e nunca tomaram a iniciativa, para só falar dos políticos, porque da classe sacerdotal de má memória que por lá passou, a garagem ao lado não serve nem para pôr, nem para tirar o carro...
Anónimo a 18 de Julho de 2009 às 03:06

A Câmara Municipal comparticipou, grandemente, a empreitada... Pudera não, ou não estivessemos em plena época de " sementeira ". Porém, como diz o nosso Povo, mais vale tarde, que nunca!
Anónimo a 18 de Julho de 2009 às 22:08

Passei por este espaço em Abril e hoje verifico que a opinião é diferente e melhor e, ao fim e ao cabo os responsáveis paroquiais são os mesmos que com muito empenho e modéstia vão conseguindo manter com dignidade a actividade da comunidade paroquial da "Santíssima Trindade". Antes fazer, na penumbra, do que criticar sempre e sempre... Agora concordam que "A MATRIZ PARECE NOVA" em Abril era esse o objectivo...
Rui Pedro Ávila a 19 de Julho de 2009 às 00:19

Afinal, «tarde é o que nunca chega!»
Anónimo a 20 de Julho de 2009 às 19:35

Uma pequena nota apenas para relembrar que, segundo li algures no “Dever” umas semanas atrás, a Câmara comparticipou, de facto grandemente, a empreitada, no entanto parece que a Junta de Freguesia comparticipou com uma quantia ainda maior, ou terei interpretado mal a notícia?… Se interpretei bem, parece-me justo este apontamento...
Homem do mar a 24 de Julho de 2009 às 17:53

Está a dizer que "supostamente" o Roberto fez alguma coisa... fantastico... Tragam o Champagne
Anónimo a 25 de Julho de 2009 às 21:02

a junta de freguesia não comparticipou...disse que iria comparticipar. è que dizer que se dar até se dar efectivamente vão alguns «passos«. A vr vamos...
Anónimo a 26 de Julho de 2009 às 19:21

Olá! Planeio uma viajem à Ilha do Pico e gostava de fazer campismo. No entanto, há poucas informações referentes ao assunto na internet. Gostaria de saber se podia fornecer-me fontes ou informação acerca de parques de campismo na ilha. Obrigada.
Atenciosamente
Teresa a 29 de Julho de 2009 às 16:40

Pode vir ao Pico fazer campismo. Tem um parque nas Lajes, com infraestruturas adequadas e necessárias, junto à vila, ao mar e a outros serviços de apoio. E tem um parque no Cais em São Roque, também com condições adequadas.
sim a 30 de Julho de 2009 às 18:14

Tenho uma colega cujo filho foi, com mais dois amigos, de Leiria até São Miguel. Estão acampados no areal de uma praia. Primeiro, foram conduzidos por um taxista que os deixou nas margens da Lagoa do Fogo, dizendo-lhes que ali os próprios filhos faziam campismo... Claro que não tardou muito até serem interpelados pelos Guardas-Florestais! Depois, quizeram dar um salto, de barco, até à Ilha Terceira. Queriam, mas, como não tinham feito reserva, barco só a partir de dois de Agosto. E então lembrei-me do seguinte: E se aqueles três moços tivessem rumado ao Pico?! Parques e outros locais (Talvez melhores que o areal de uma praia) para acampar não lhes faltariam e, ainda, teriam a possibilidade de ir ao Faial e São Jorge. O que falta? Será mais informação? Será que a "Triangle" já está a funcionar?
Assim, que futuro para o nosso turismo!?
Anónimo a 31 de Julho de 2009 às 23:10

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO