Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

14
Fev 10

Há, precisamente, 148 anos, em 14 de Fevereiro de 1868, foi criada a Filarmónica Lajense. A sua primeira aparição em público, diz o historiador Ermelindo Ávila, em Figuras & Factos, foi na procissão da Quaresma.

Mais tarde, em 1910, os ideais republicanos dos seus dirigentes fizeram com que fosse introduzida na sua designação a palavra LEBERDADE.

                                           

 

Dentro em breve vai realizar-se uma Assembleia Geral da Sociedade Filarmónica Liberdade Lajense.

Trata-se de uma instituição com um longo historial de dedicação à musica e à cultura da nossa Terra. 

Dotada de instalações condignas e ainda em fase de ampliação, a Liberdade Lajense tem disponibilizado os seus espaços para uma série de iniciativas relevantes promovidas também por outras instituições locais, provando que os equipamentos devem estar ao serviço do bem comum, sempre numa perspectiva de colaboração com tudo quanto dignifique a nossa terra.

Nas Lajes, falta, no entanto, um espaço que disponibilize o acesso às novas tecnologias, nomeadamente à internet - o chamado de ciberespaço. Esta lacuna faz-se notar sobretudo na época estival, quando muitos forasteiros visitam as Lajes.

O Governo disponibilizou, recentemente um programa com este fim, a que  podem candidatar-se instituições sócio-culturais. Seria uma forma de a Filarmónica disponibilizar mais um serviço não só aos seus sócios, tocadores e lajenses em geral, mas também aos visitantes, e daí retirar alguns proveitos para a manutenção dessas instalações.

Outro benefício, ainda no ambito das novas tecnologias da Informação, seria o Município disponibilizar para acesso gratuito, o sinal de internet em WI-FI, no perímetro das Lajes, como o tem vindo a fazer alguns municípios.

Aqui ficam estas duas sugestões.

publicado por sim às 11:17

Ainda bem que o autor do blogue fala da Liberdade Lajense. A Assembleia-Geral do próximo dia 19, na sua agenda de trabalhos, contem um ponto relativo à eleição de novos Corpos-Gerentes. Uma nova Direcção. Não é fácil encontrar quem esteja disposto a assumir tais cargos. Nas Lajes, existem algumas pessoas ainda novas e que já se encontram na situação de aposentadas. Algumas, até, já passaram por anteriores direcções conhecendo, portanto, os cantos à casa. Penso que poderão dar, mais uma vez, o seu contributo. Não se preocupem com as más-línguas, porque sempre as houve e hão-de continuar a haver. Fazem parte da vida e, se calhar, até podem constituír um estímulo extra. Os músicos, embora já bastante sacrificados, darão uma ajuda. Todos em conjunto, pela nossa Filarmónica, a única da Freguesia das Lajes.
artur xavier a 16 de Fevereiro de 2010 às 12:09

Afinal, da reunião de Sexta-Feira, não saíu fumo branco. Talvez não sejam assim tantos os que amam a nossa Filarmónica. Uma tristeza!... E por aqui me fico.
artur xavier a 21 de Fevereiro de 2010 às 21:06

Gostaria de mencionar que as Lajes já está coberta por Internet WI-FI gratuita estável pelo menos desde 2009.

O serviço é fornecido gratuitamente pela minha empresa, e já teve o apoio da Junta de Freguesia precisamente em 2009.

Sem mais assunto, com os melhores cumprimentos, Paulo Brinca
Paulo Brinca a 23 de Janeiro de 2011 às 07:04

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
19
20

21
24
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO