Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

18
Fev 10

Esta manhã, a Montanha acordou assim: sobranceira, esbelta, limpa, colorida de um pequeno manto que teima em gelar o aconchego das nossas lidas.

Vista de São Jorge, a ilha em frente, é um cenário paradisíaco que muitos buscam, em vão, noutras paragens longínquas.

Aqui a pé da porta, a Montanha espreita os nossos afazeres que não rejeitamos quando amaciamos o basalto negro, donde brota o nectar delicioso e os produtos de uma terra que só é madrasta quando os homens afrontam os elementos.

 

Este é o nosso Pico - um cenário imprevisível, sempre que nasce a vida de mais um dia.

publicado por sim às 11:53

"É o espírito da terra que eu defendo"
Miguel Torga
E é meditando nestas palavras do ilustre escritor que eu afirmo o meu orgulho em ter nascido nessas Pedras Negras. Nessa Ilha Maior que alguns, com desdém, continuam a apelidar de ilha do futuro. O Pico é uma Ilha do presente e com futuro. E não pode servir, apenas, de pano de fundo. Assim queiram os Homens de boa vontade.
artur xavier a 18 de Fevereiro de 2010 às 22:00

É bom que se reconheça a magnificência do local em que se vive, privilégio da Natureza a que nem todos ligam.
jose augusto soares a 19 de Fevereiro de 2010 às 13:47

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
19
20

21
24
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO