Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

14
Jul 10

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tenho abordado o tema várias vezes, mas parece que os responsáveis não o pretendem encarar de frente, sentar-se à mesa e tomar as necessárias decisões.

Neste concelho, os responsáveis municipais optaram por construir uma piscina "Municipal" em Sta Cruz, julgando- creio eu- que pessoas de outras proveniências ali se deslocassem. Resultado: Sta Cruz ficou bem servida, mas não se deixou de gastar mais verbas municipais, abrindo uma pseudo-piscina no Calhau, melhorando a Poça das Mujas, na Calheta, uma zona balnear em São João, outra na Fonte da Silveira e ainda o Portinho. Tudo verbas saídas de um orçamento que não estica e que, ao que parece, não dá para as dívidas.

Nas Lajes, onde se concentram, nesta quadra do ano, muitos visitantes, nada foi feito e o que se fez na Maré, merecia um bom puxão de orelhas aos responsáveis por terem optado por valorizar o cimento, desprezando o basalto.

Chegou a hora de dotar as Lajes de uma zona balnear condigna, em toda a zona da Maré. Porquê ali?

Por a lagoa de cima estar integrada na zona de recreio náutico e no porto de pescas, por norma, áreas mais poluídas e não aconselháveis à presença de banhistas.

Não se sabe bem o que fazer?

Abra-se um concurso de ideias e ouça-se os criativos, que, certamente, saberão encontrar forma de preservar a paisagem natural daquela zona, dotando os banhistas de melhores condições.

Se as Lajes têm a frequência de visitantes que têm, devido ao Museu dos Baleeiros e às observação de cetáceos, que se lhes dê condições para permanecerem entre nós mais tempo. É a chamada economia dos tempos livres que o exige para que dela possamos tirar ainda mais-valias e fixar mais gente jovem aqui.

Que dizem os lajenses de tudo isto? Aguardo opiniões sérias e válidas, pois as outras dispensamo-las.

publicado por sim às 15:14

È só para lhe dizer que puxão é com x e não com ch. Vem do verbo puxar.
E realmente tem razão: a vila das lajes é mesmo uma pobreza! Mas não há só Lajes no mundo e o resto é paisagem. Todas as freguesias deste concelho merecem ser melhoradas. E só para terminar: se todas as atrações turísticas estivessem nas Lajes, os turistas morreriam de tédio.
comentador desportivo a 15 de Julho de 2010 às 00:18

É uma boa ideia abrir-se um concurso de ideias, mas não só para as Lajes, também para as restantes freguesias, existe por aí cada aberração feita pela Câmara e também pelo próprio Estado.
Existe muita gente que julga que ao se fazer uma grande obra em betão é que é bom, mas por vezes um projecto pequeno mas bem concebido fica muito melhor e muito mais barato. Vejam o que a Câmara fez no ramal das Terras, inicialmente quando se começou a obra julgava-se que era para alargar o ramal (é que neste não se podiam cruzar dois carros), pois enganaram-se, sempre se alargou um pouco o ramal e ao lado fez-se aquela aberração que lá vemos e este é um caso entre muitos outros.
Por exemplo ao lado do salão das Terras existe um terreno que neste momento está a servir de parque ou ao abandono (não sei como classificar aquilo), mas na campanha eleitoral o actual presidente da câmara prometeu fazer ali um jardim. Não sei se o irá fazer ou não, mas se for para se fazer algo ali, porque não aparecerem essas ideias, para que não saia nova aberração do outro lado do salão e já agora este blogue seria um bom sitio para se começar a lançar ideias e a se debaterem essas mesmas ideias.
Anonimo a 15 de Julho de 2010 às 17:09

Quanto ao terreno ao lado do salão das terras, há o projecto do "Jardim das Terras"que já foi apresentado no salão do mesmo lugar. O projecto ate ta interessante.. vamos a ver é se é feito
Anónimo a 17 de Julho de 2010 às 13:44

O que foi feito no Portinho pelo anterior executivo eu que vou lá todos os anos e todos os dias não vejo nada quem fez alguma coisa lá foi o João Duarte e muito mal feito e a prova esta á vista, quem lá for vê a pedra num monte que o mar colocou dentro da baia que mesmo de maré vazia não se tomava pé, e agora a água fica-nos pelas virilhas.
Vejo que este ano há mais um pouco de interesse dos autarcas em manter aquilo apresentável mas o que eu acho que dava jeito ali era uma casa de banho nem que fosse móvel, como a que tem na Maré, que podia também servir para mudar de roupa.
Não sei se o executivo sabe mas o terreno por cima é propriedade do Município, podia ser aproveitado para uns balneários, e quem sabe exploração de um bar ( sem bebidas alcoólicas).
P.J. a 23 de Julho de 2010 às 12:39

Quando tiver tempo venha cá às Lajes e informe-se um pouco melhor.

Continuação de bom verão.
ao PJ a 13 de Agosto de 2010 às 22:47

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
31


eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO