Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

24
Ago 10

Roberto Silva, Presidente da Câmara das Lajes do Pico, na sessão de abertura da Semana dos baleeiros, integrou no seu discurso a passagem que transcrevo daqui, com a devida vénia e que me parece ser uma questão muito lúcida sobre o futuro do concelho:

 

"a Semana dos Baleeiros, que representa no pêndulo do tempo, um marco importante no reinício de um novo ciclo das nossas vidas, deverá ser, por isso, um espaço de meditação profunda, sobretudo sobre o futuro da nossa terra, da participação de cada um de nós na implementação de ideias e acções, que tornem o nosso concelho especialmente atractivo do ponto de vista turístico e ambiental, um concelho com mais gente, mais solidário, com mais jovens, com novas oportunidades de emprego e de exploração do conhecimento, de chamamento de imigrantes, respondendo, em última análise, à política da União Europeia para os anos 2014 a 2020 que aposta na educação e na valorização dos recursos humanos, mesmo em sítios mais despovoados e geograficamente distantes dos principais centros de negócios, de cultura e de conhecimento, como acontece no nosso concelho."

 

Onde, quando, como, ou em que moldes, será feita essa "meditação profunda sobre o futuro da nossa terra? Nos orgãos municipais eleitos, nos locais de exercício da cidadania, nas instituições sociais, culturais, desportivas, religiosas, na escola...para que algo se faça pela nossa terra. Por que não, no próximo ano, após uma reflexão de base, integrar na Semana dos Baleeiros iniciativas de onde se retirem conclusões da reflexão feita?

Que as palavras acertadas não se fiquem apenas pelas boas intenções.

publicado por sim às 19:38

As palavras foram bonitas.
Só que na semana como todos sabem umas das componentes que atraem muita gente são os festejos nauticos - regatas e tudo mais.
Este ano o Clube Naval das Lajes do Pico, foi apenas convidado, não fazendo parte da organização. Acham que isto é admissivel, sabendo-se que a organização de todas as provas estavam a cargo deste Clube?
Só que o seu Presidente acabou por ter a iniciativa da organização, tendo o tempo evitado que as regatas de botes baleeiros não se realizassem.
Lamentavel é que nas tres provas de natação, as taças entregues aos vencedores foram todos iguais, sem qualquer distinção de classes e classificação.
O terceiro de qualquer classe, recebeu uma taça igual ao primeiro infantil, juvenil ou senior.
Foi estimulante esta atitude!, pois os atletas logo disseram que "para o ano nem vale apena colaborar". É pena ignorar um Clube Naval empenhado.
SM+
.
Lajense a 2 de Setembro de 2010 às 23:12

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

eXTReMe Tracker
pesquisar
 
blogs SAPO