Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

08
Ago 06
Agosto começou com as Lajes cheia de veraneantes nacionais e estrangeiros.
Grande parte deles vêm fazer whale-watching e visitar o Museu. Alguns ficam uns dias no parque de campismo, frequentam os restaurantes locais, banham-se nas águas límpidas e deliciam-se com a pacatez deste velho burgo.
São assim as Lajes. Têm um potencial turístico que, de ano para ano, mais se afirma, embora tardem a surgir unidades hoteleiras com maior capacidade.
Infelizmente - e há sempre um senão - pouca informação e animação é proporcionada aos veraneantes e visitantes. Não fossem as esplanadas - algumas colocadas nos apertados passeios assemelham-se a tabernas do terceiro mundo - e nada mais haveria.
Não podemos esperar pela Semana dos Baleeiros, ou pela passagem de grupos do continente que aqui vêm em troca de um almoço ou jantar.
As Lajes devem ter um programa de animação que abranja a época alta do turismo. Para quê tanto cinema, quando se sabe que no verão as noites são ao ar livre, junto ao mar, em amena e interessante cavaqueira?
Há tanta falta de imaginação e de animação nas noites estivais. Será que os responsáveis já perderam a capacidade de inovar e de criar projectos que envolvam residentes e visitantes?
publicado por sim às 16:45

É da minha crença que se o Sr. Pereira recebe-se tanto como o nosso "chefinho" (ainda não percebi como a nossa câmara conseguia sobreviver sem ele antes...) tinhamos animação não só dia e noite durante os meses de Verão mas sim ao longo de todo o ano.
José das Couves a 8 de Agosto de 2006 às 18:20

O sr. Pereira é pau para toda a obra, ele é jardineiro, motorista, chefe de protocolo, homem da bilheira do cinema, trata da cal na lagoa( pasmem-se...), e não ganha tanto como o chefe?????!!!!! O Sr. Pereira é mais do que chefe de gabinete e de certeza que não ganha tanto como ele...AHHHHHHHHHHH e está sempre presente nas Lajes.
Anónimo a 8 de Agosto de 2006 às 20:24

Na verdade é estranho estarmos em pleno Agosto e a nossa Vila estar um pouco parada. Quando se sai à noite, apesar do número de esplanadas ter aumentado, a animação não é muita. Na verdade, parece que o verão se resume à Semana dos Baleeiros, porque não inovar e fazer feiras de artesanato, festivais de tasquinhas, festivais de gastronomia, actividades desportivas? E não falo em Semanas..poderiam ser apenas fins de semana, será possível que ninguém tenha ideias, nem o nosso chefe?A sociedade civil também deveria participar, nomeadamente os comerciantes, iniciativas como trazer um Rancho Folclórico à Vila, ficam bem e deveriam ser repetidas!
Anónimo a 8 de Agosto de 2006 às 21:38

Comente o programa da semana dos baleeiros em www.frontalxxi.blogspot.com
JAJ a 8 de Agosto de 2006 às 22:44

Caro amigo couve:

não se trata de uma questão de dinheiro mas sim de formação. A dignidade do Sr. Pereira é infinitamente maior do que a mediocridade opurtunista do chefe.

O Sr. Pereira é um homem humilde e de bem; jamais exploraria fosse quem fosse a troco de uns euros e de uns trabalhinhos para os amigos (à comissão).

Ex.mo Sr. Pereira é um homem de mil condutas;
O chefe é um homem de mil manhas.
Alface a 8 de Agosto de 2006 às 23:14

É uma autêntica vergonha a forma como esta presidente tem gerido a Câmara. Continuo a aguardar por ver, um dia destes, as actas da Câmara e da Assembleia publicadas no site de propaganda (ler - Site da CMLP) da Dona Sara Santos.
Quanto à animação de Verão, é mau que para o concelho não haja melhores programas. Noutros concelhos do país, as Câmaras desprovidas de sentimentos de concorrência político-partidárias descentralizam essas competências nas Juntas de Freguesia - órgãos mais próximos da população. Nas Lajes do Pico isso não acontece porque a Sara Santos está mais interessada em manter-se no poder, colocando assim os seus interesses pessoais acima dos do concelho. Nas próximas eleições, venha o PS, venha alguém que saiba fazer melhor, porque ao que chegamos, pior é impossível!
José da Ribeira a 8 de Agosto de 2006 às 23:26

Pior é impossível caro Ribeira?! Sabendo quem o PS está a pensar colocar para a câmara nas próximas eleições só a vitória daquele individuo já é um dano irreparável para o concelho. É que, com esta presidente nós já sabemos com o que podemos contar, mas mudar para pior não muito obrigado...
Anónimo a 11 de Agosto de 2006 às 22:45

Sempre o mesmo "bota-abaixo ". Quando não havia cinema não se falava em mais nada agora que há, para alguns já é demais. Na sexta-feira 4, para quem não aproveita o que tem, fica a informação, o auditório esgotou a lotação, havia pessoas sentadas nos lados. Isto enquanto havia a apresentação de um grupo musical "Trovas do Sul" e uma filarmónica do nosso concelho tocava no Largo do Cruzeiro.
Criticar só por criticar não faz bem a ninguém, nem sequer a quem faz o comentário, pois só sai desacreditado.
Márcia a 9 de Agosto de 2006 às 10:34

E´ com muita pena que chego em ferias da Universidade e deparo-me com tamanha ma´ formação , pouca vontade e muito bla´ bla´ ! Falar e´ muito bonito, passar para a acção e´ outra coisa. Em boa verdade esta critica e´ para aqueles que ja se fixaram na nossa ilha, licenciados de fresco, que como o outro, falam , falam, mas fazer algum nada. Reduzam-se a sua insignificancia e calem-se ou toca a mexer pela nossa vila!
sangue novo a 11 de Agosto de 2006 às 03:48

O Sangue Novo já está a coagolar. tem aquele discurso simplista e optimista da conformidade. Dos que acham que criticar é mexer na ferida. E afinal mexer nas feridas é fazer fluir o sangue.

Deixe o sangue descer da sua cabeça, repare no que se postou neste blog, veja a vergonha que constitui o chefe e contribua de forma licenciada, já que carrega livros.

Plaqueta a 12 de Agosto de 2006 às 17:03

"A plaqueta sanguínea ou trombócito é uma célula sanguínea formada na medula óssea, cuja principal função é na formação de coágulos, participando portanto da coagulação sanguínea. Sua diminuição ou disfunção pode levar a sangramentos assim como seu aumento pode aumentar o risco de trombose."

Em bom portugues,sem extremos, nem 8 nem 80!

A critica construtiva é bem-vinda , mas o bota abaixo da nossa terra é vergonhoso, o degredo apodera-se! A criação deste blog é de louvar, significa que existe preocupação e incomodo, assim como daqueles que aqui vem. É de lamentar é que não se criem soluções...
Sangue novo a 14 de Agosto de 2006 às 00:41

custa a crer que ainda haja quem tenter por uma capa na gestão de sara santos e do CHEFE...

ó senhor SANGUE NOVO!!!!! não vê ou não quer ver????

ou melhor ainda, estará à espera de sair da universidade directamente para o convento de São Francisco? Já outros o tê feito... não pense que vem inovar. Difícil mesmo parece ser nas Lajes do Pico sair da universidade e demonstrar uma posição diferente da do regime... é que a disposição para o fazer resume-se a dois ou três.

Força para aqueles que ainda acreditam num concelho diferente!

Sr. SANGUE NOVO: com essa mentalidade mais vale nem regressar... já existem cá muitos a viver do bolo camarário de sara santos... a vaca não dura sempre e bodo de leite é já nesta semana...
anti-coagulo a 14 de Agosto de 2006 às 04:10

Não é por querer "mamar" às custas da Sara Santos que apelo à serenidade. Existem formas mais inteligentes de contornar variadas situações que nos perturbam nesta vila. Criticar é a mais fácil , a que dá menos trabalho , ainda por cima se feita no anonimato. Ainda não possuo maturidade nem estabilidade profissional para dar a cara e lutar....mas há quem tenha e nada faça. É a hipocrisia e a falsidade a tomar conta da vila. Trabalham na câmara , vivem à custa de todos nós, opinam na rua contra o chefe e a presidente mas à frente destes nem xi porco! O que é isto lajenses? Tem medo que lhes tirem o pão da boca ou já cá fazia falta um mercedes?hein?
Sangue novo a 14 de Agosto de 2006 às 21:31

Caros amigos lajenses,

A verdade é que é a existência da crítica popular que também limita a acção do poder político - em democracia é assim - todos temos a ganhar.

Não me basta a mim apreciar os políticos e as suas populares promessas em véspera de eleições. Em eleições julga-se também os que foram poder e os foram oposição. Daí que, pelo que eu vejo, através da resposta que o PS teve ao processo do Chefe, constitui um motivo para votar nesse partido, contudo, a opinião que tenho hoje não é estática, mas pelo que já vi da Sara também não tenho motivos para votar nela outra vez, é que eu votei nela e não me envergonho de o admitir.
José da Ribeira a 13 de Agosto de 2006 às 23:51

Caro Ribeira, se ainda não percebeu deixe-me clarifica-lo.. o PSD não é a dona sara, e a resposta do PS foi tão boa que as coisas ficaram exactamente tal como estavam. Será que andou a levar com muita espuma do mar para se esquecer que o PS aqui nas Lajes é o partido do "fala fala fala fala" e faz-se pouco ou nada. Que o digam quem votou no Sr. Paulino (pai).
José das couves a 15 de Agosto de 2006 às 01:07

Desde quando, amigo Couves, o PSD teria aquilo que as mulheres não têm e não recandidataria a Dona Sara? O PSD na Câmara Municipal é a Sara e a Sara é o PSD na Câmara Municipal, ponto final. Não me venham agora dizer que o partido é uma coisa e que a presidente é outra, porque se ela está lá é porque o partido a candidatou e nela confiou assim como no programa dela. O PSD também ainda não tomou qualquer atitude que o desvincule do processo do Chefe ou tomou e eu não ouvi?
José da Ribeira a 18 de Agosto de 2006 às 15:38

"O silêncio do Eng. Cláudio Lopes"

Caro Sr. José das Couves,

Para além de um artigo vago e muito genérico publicado no DEVER, nunca vi o Presidente do PSD do Pico, o Eng. Cláudio Lopes, falar abertamente sobre a conduta política de Sara Santos.

Consta-se que se tem fartado de dizer mal nas costas... mas se ela é hoje Presidente é graças a ele, ao porta a porta na Ribeirinha e Piedade.

Esperava-se mais do Eng. Cláudio. Uma posição frontal. E não fingir que está tudo bem. Por certo o Sr. Eng. teme perder eleitorado, afinal as regionais ja não estão muiito longe e é preciso manter o emprego na Horta.

Ao PS das Lajes coube a mestria de desmascarar a situação e ao que parece ainda há muita tinta a correr... É até para falar, falar, falar... é preciso inteligência... há que dar tempo ao tempo.
José de São João a 20 de Agosto de 2006 às 20:02

Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO