Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

23
Fev 06
O responsável por este blog, entendeu retirar um comentário do último texto por entender que ultrapassava todos os limites da liberdade e do bom senso, enveredando pelo ataque ao bom nome e dignidade pessoais que muito presamos e respeitamos. O seu autor deverá sentir-se envergonhado (se tiver princípios e valores humanos e cristãos) por ter escrito e atacado, nos termos em que o fez, pessoas que, como todo e qualquer homem, nos merecem o maior respeito. Com este entendimento, desde que iniciámos este blog, foi nosso propósito criticar instituições públicas e seus representantes mas numa perspectiva positiva de crítica democrática e num direito de cidadania que todos deveríamos exercer.
E sempre respeitando a dignidade e o bom nome de cada um.
A crítica é saudável - ninguém é dono da verdade toda! - e ajuda os representantes do povo e governantes, a agirem, consciente e responsavelmente. Só os ditadores, os caciques e os inaptos discordam, condenam e rejeitam opiniões diferentes ou contrárias.
Vamos prosseguir com este blog, expondo as nossas ideias e críticas, propondo e sugerindo diferentes actuações e projectos. Ninguém será excluído do direito que temos à liberdade de expressão e crítica construtiva, nem os detentores dos poderes públicos, nem os servidores do Templo e das tábuas da Lei. Todos estão ao serviço do povo, deste povo que anseia por melhores condições de vida e de "um novo céu e uma nova terra" que, todavia, começa aqui.
Nestas Lajes, que amamos (há por aí alguns mercenários que acabarão, ou por partir para outras "praças" ou por enraizar-se nestas pedras negras), há questões que dependem muito de todos nós. Temos de discuti-las, frontalmente, fazendo propostas para encontrar as melhores soluções que ditarão um futuro melhor para todos.
Mas com urbanidade, com seriedade e respeitanto o bom nome e a dignidade de cada um.
Somos cidadãos respeitadores e respeitados porque nos consideram Homens e Mulheres do Pico.
publicado por sim às 23:56

O que se pretende dizer é que há quem se guie por princípios e valores humanos, que devem nortear todos os homens, indiscriminadamente,ateus, agnósticos, crentes, não crentes. Há também quem, para além destes princípios e por convicção religiosa ou de Fé, acredite e se oriente por princípios e valores cristãos cujo fundamento é o Evangelho. Dou como exemplo o mandamento do amor (amai-vos uns aos outros como Eu vos amei)ou (outrora a regra era: olho por olho dente por dente. Eu porém digo-vos: se alguém te der uma bofetada numa face oferece-lhe a outra) ou ainda Cristo na cruz (Pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem).
</a>
(mailto:)
Anónimo a 11 de Março de 2006 às 10:49

Quando dizes "se tiver princípios e valores humanos e cristãos", queres com isso dizer que esse tipo de comentários poderia ser feito por pessoas de outra religião (ou ateu)?
Os princípios e os valores humanos não são propriedade dos cristãos... Os outros também têm principios e valores humanos.

(desculpa começar desta forma as minhas visitas ao teu blog... Espero poder voltar cá mais vezes)

CumprimentosFebre
(http://febredovoto.blogs.sapo.pt/)
(mailto:febredovoto@sapo.pt)
Anónimo a 10 de Março de 2006 às 12:40

estive na vossa ilha amei e quero voltar, bem como a minha familia. adorei as pessoas o sitio.
tudo. e isto inclui o padre areias q ainda hoje lá em casa é recordado por nos . Pessoa espetacular e para mim um exemplo como os padres deveriam ser. bem hajaclaudia
</a>
(mailto:cccnar@hotmail.com)
Anónimo a 7 de Março de 2006 às 12:24

Desafio o anónimo assumido a se assumir. Manuela Silva Vieira
</a>
(mailto:)
Anónimo a 7 de Março de 2006 às 12:14

Este BLOG veio de facto pôr os Lajenses, mesmo os que como eu não residem nas Lajes mas aí tem o coração, a debater alguns problemas importantes da Nossa Terra. (E ainda bem). Mas nem sempre da melhor maneira e com a devida correcção. E uma coisa que me mete muita impressão é ver cometários de anónimos (ou assinados com pseudóminos) a condenar o anónimato dos outros intervenientes. Quem não quizer fazer comentarios ou dar ideias não o faça. Mas compreenda que por vezes nos meios pequenos é mais confortável confrontar ideias e poderes instalados sem dar o nome, por não querer ser penalizado por isso. E se as ideias são válidas, ou os comentários pretinentes e sérios, não deixam de o ser só porque tem um nome no final, ou uma cara por detrás. Portanto deixemo-nos de tretas, e discutamos ideias e pontos de vista de forma séria e responsável. E se alguém acha que as suas só tem valor com o nome, que o escreva. VAMOS DEBATER IDEIAS... NÃO PESSOAS! Anónimo Assumido
</a>
(mailto:)
Anónimo a 4 de Março de 2006 às 02:29

Meus senhores, quem longe está, mais consegue ver. Eu estive ai, senti... e gostei. Tenho pena, que não façam uma meditação.

Pareçe que já estou a ver um casal a escrever este Blog, o problema deles, é que quanto mais têm, mais querem, o poder é sempre apetitoso, no entanto é preciso ter cuidado... aqui vai a teoria.
Quando ela escreve, reparem meus amigos, há certos cuidados "orlas, ..etc", no entanto ele é descuidado,trapalhão e muito preguiçoso, se calhar até duvidoso, mas também percebe da coisa "orlas,..etc", que ficam no ouvido. Não,tem uma explicação, isto significa que só estão a ler, em voz baixa, é preciso ler em voz alta! para os encontrar. Quanto ao amigo e confidente Padre Areias, vou dar uma pista...não é preciso estudar,para os "Blogistas" encontrar". Afinal eles não vão à discoteca,porque ela não deixa...então ele fica em casa, daí o tempo para escrever.

A todos um grande abraço,

Assinado FlúgidioFlúgidio
</a>
(mailto:)
Anónimo a 4 de Março de 2006 às 01:49

Para o "potencial doente", gostei muito do seu comentário é importante levantar determinadas questões. As questões de saúde no Pico são deveras preocupantes. O que aconteceu à Esmeralda não deveria ser considerado como um mero acidente, deveria ser um assunto a ser debatido pelos profissionais de saúde, para que novos casos tenham uma solução favorável. É necessário sairmos deste marasmo, ou de lavarmos as mãos como "Pilatos", tem de se encontrar soluções.tempestade
</a>
(mailto:)
Anónimo a 3 de Março de 2006 às 14:47

Peço desculpa não deveria ter dito que o seu erro é grasso, embora também o seja... mas prefiro dizer que é sem dúvida um erro crasso. O meu comentário incomodou-o bastante, de tal forma que foi a correr rectificá-lo. Esclareço-o só de uma coisa, só assino neste blog como "tempestade" não queira impingir-me outras autorias.tempestade
(http://***)
(mailto:)
Anónimo a 3 de Março de 2006 às 14:17

Fico satisfeita por ter emendado o erro grasso de português do seu comentário, depois da minha "ajudinha". Quanto ao resto não comento, pois sou uma senhora muito bem educada.tempestade
(http://**)
(mailto:)
Anónimo a 3 de Março de 2006 às 13:35

Concordo com o anterior comentário!!! De facto existem outras Religiões Cristãs em que os Padres em vez de andarem a despejar veneno nos Jornais, nos “blogs” e nas pessoas, se preocupam mais com o desenvolvimento moral e social e das Comunidades em que estão inseridos, bem como no combate à pobreza e à degradação humana causada pelo álcool, a droga e outros males dos nossos tempos. Será porque, ao contrário dos nossos Padres, lhes é permitido casar e constituir família como outro qualquer cidadão??? Não… estava só a brincar…. Temos aqui um “exemplar” muito especial. !!! Mas neste caso se calhar ajudaria!!!…... Fica a sugestão……..Greira Alma
</a>
(mailto:)
Anónimo a 3 de Março de 2006 às 02:02

Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

19
20
21
22
24
25

26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.