Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

11
Fev 07

As Lajes sempre foram local de atracção e diversão nesta época do ano.

Aí estão os bailes e assaltos de Carnaval, a folia, camaradagem e alegria. Máscaras, muitas caras diferentes do dia-a-dia, adornadas com disfarces. Apesar de tudo, lá vamos, cantando e rindo...porque o Carnaval são dois dias e este já vai na conta...

publicado por sim às 00:22

Vemos máscaras todo o ano. As do Carnaval são fáceis de tirar. As outras nem por isso...
Monumento ao Baleeiro a 11 de Fevereiro de 2007 às 14:11

O referendo em directo: www.frontalxxi.blogspot.com
JAJ a 11 de Fevereiro de 2007 às 16:13

Veja o novo blog:
http://lepratecoma.blogspot.com
Para quem tem espírito crítico e vontade de mudança.
lepratecoma a 11 de Fevereiro de 2007 às 20:54

A propósito deste post, quero referir e louvar a realização do assalto de carnaval, ocorrido na Filarmónica.
Bem organizado, bom convívio, muita e sã alegria, muita camaradagem. Estive lá e gostei.
Foi o recordar antigos assaltos em que Manuel Xavier e o seu conjunto animavam as noites do Carnaval, com a afluência de gente de toda a ilha.
Sim porque só as Lajes é que têm tradição de bailes e assaltos nesta quadra.
Força direcção da Filarmónica. É sinal de vitalidade. Assim as pessoas sentir-se-ão amor por aquela sociedade e acorrerão a tão digno espaço que deveria ser mais utilizado por outras entidades. Com um espaço tão agradável e próprio não vale a pena pensar noutro só destinado ao teatro e ao cinema. Há espaços polivalentes suficientes e com a construção de mais um, outros terão dificuldade em manter-se.
mascarado a 12 de Fevereiro de 2007 às 11:35

Gostei de saber que na filarmonica tinha havido um assalto à moda antiga.
Ainda bem.As Lajes marcou neste campo um periodo muito importante. Vinham da Madalena e de S.Roque muita gente para as festas de Carnaval da Filarmonica. È bom não esquecer o entusiasmo e a dedicação do Homem que manteve estas festas no seu melhor -o Sr Moniz (rDirector e Regente).
E as casa que recebiam mascaras? Será que esta gente nova tem conhecimento de como eram os festejos carnavalescos na vila? Os bailinhos e os grupos que se organizavam? E a visita que as mascaras faziam à casa da tia Diamantina, avó do João Manuel, ao Cruzeiro? É bom recordar e o comentário supra, fez-me recuar no tempo e reviver essa fantastica época.
lajense longe a 13 de Fevereiro de 2007 às 00:55

Mais um post em http://lepratecoma.blogspot.com
A falar da nossa terra.
lepratecoma a 12 de Fevereiro de 2007 às 21:20

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

19
20
21
23
24

25
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO