Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

27
Fev 07

A Câmara Municipal das Lajes aprovou o projecto do novo Hotel a construir pela Agro Areeiros na Silveira, em terreno onde funcionou o viteleiro daquela empresa continental.

A futura unidade hoteleira de quatro estrelas, terá 199 camas e a sua construção é aguarda com grande espectativa, dadas as valências e dimensão daquele complexo turístico.

Saudamos o dinamismo e o interesse da AGRO AREEIROS pelas Lajes e desejamos, vivamente, que outras empresas nacionais e estrangeiras, sigam o exemplo daqueles investidores, cujo empreendedorismo é sempre de realçar.

ver imagem: http://lajes.blogspot.com

 Novo post com imagens - http://lepratecoma.blogspot.com

 

publicado por sim às 11:55

Pelo que vejo enquanto esse tal de chefe ocupar o cargo não vai haver descanso!!!!!! E as Lajes vai continuar a ser falada na ilha pelos piores motivos...
Anónimo a 2 de Março de 2007 às 15:31

Na ilha e não só..
A oposição, nas Lajes, não venha cá com histórias pois o que se viu é o que se vê, ou seja 0.
Acho engraçado é ser o "D. Sebastião" do PS Lajes quem faz mais finca pé (também lhe convêm fazer-se notar) tendo em conta a forma como este entrou para o centro de saúde das Lajes já para não mencionar a sua nomeação para a junta de freguesia das Lajes (tenho a certeza que os serviços que presta são imprescindíveis para todos nós lajenses; ou será que apenas para o sr roberto(?!!) esse grande homem que iria revolucionar a lavoura no nosso pico?).
Anónimo a 2 de Março de 2007 às 16:07

Um conselho: vamos deixar os adversários políticos trabalharem como políticos que são. Em vez de se apelar a incompatibilidades pessoais, profissionais ou familiares. Rotular as pessoas pelo que fazem ou têm? É que levantar questões totalmente alheadas do foro público não engrandece o debate. Elevação, é só isso que se pede.
Não há aqui heroísmos de qualquer parte, nem Sebastianismos numa manhã de nevoeiro. A questão, ao que me parece, é só esta: se concordamos ou não com a nomeação do marido de Sara Santos e a forma como ele vem exercendo esse cargo político uma vez residir fora das Lajes?
Pura e cristalinamente é só este o problema.
Anónimo a 2 de Março de 2007 às 18:51

Afinal o problema das Lajes é o Chefe?
Pensei que fossem outros.
Sinal que tudo está bem. Só quem não está é o chefe.
Continuem a discutir com tribunal e algo mais, mas por santo amor de Deus não se esqueceu dos restantes cidadãos que esperam melhores caminhos, a conclusão do campo, do hiper, etc.
Deixem-se de tretas já que segundo li, têm, tambem, telhados de vidro.
Discutam o que é essencial para a terra e aí ganharão pontos.
anonimo a 2 de Março de 2007 às 21:18

O problema das lajes não é (só) o chefe; o problema da democracia é o chefe ou os que se fazem "chefes". Cancros é a espressão correcta para explicar esta situação com a qual nos deparamos.
Anónimo a 2 de Março de 2007 às 22:33

Há realmente uma coisa que não percebo quando se diz que os deputadas da oposição nas Lajes falam muito e fazem "zero". Mas estão à espera que a oposição faça exactamente o quê? Que vá GOVERNAR? E com que poder se estão em minoria... Então e o papel da Câmara qual é? Acho que há aqui um vício de raciocínio, próprio de quem perdeu capacidade argumentativa e de governação.
Anónimo a 3 de Março de 2007 às 01:44

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

19
20
21
23
24

25
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO