Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

14
Mar 07

Está prestes a iniciar-se a primavera e com ela as águas açorianas, nomeadamente as da costa sul da ilha do Pico, recomeçam a ser sulcadas para a observação de cetáceos.

As empresas locais preparam-se para levar os visitantes nas suas embarcações, acompanhando-os das indispensáveis informações sobre o comportamento dos cetáceos e a sua incidência na vida das nossas gentes. Mas será que temos feito o suficiente? Será que as entidades públicas e privadas têm dotado a actividade de melhores instalações e dos meios informativos adequados a esta crescente e cada vez mais concorrencial actividade de whale-watching?

Não são esta actividade económica, juntamente com o Museu dos Baleeiros, os principais motivos de atracção das Lajes?

Seria bom que não desbaratássemos esta "galinha dos ovos de ouro". Para isso importa que  os lajenses: empresários de hotelaria, restauração e comerciantes, Câmara Municipal e juntamente com a Direcção Regional de Turismo, estabeleçam uma plataforma de acção conjunta que beneficiará todos - entidades públicas e privadas - pois quantos mais visitantes aqui vierem, mais dinheiro por cá fica e mais impostos serão arrecadados.

Se ficarmos de braços cruzados à espera que outros façam ou decidam por nós, perderemos o combóio do futuro e outros tomarão o nosso lugar e ocuparão o espaço comercial, onde fomos pioneiros nos Açores.

 com imagem: http://lajes.blogspot.com

publicado por sim às 13:22

Tem toda a razão.
Se as empresas com embarcações para ver baleias proliferam por todo o lado, não é tarde nem cedo para já se começar a estudar o assunto a sério.
Diz-se que o "santuário" das baleias é no lado Sul, desde S.Mateus até à Ponta da Ilha.
No entanto a Madalena tem a sua empresa.
Por isso é necessário e urgente envolverem-se as entidades, de modo a que como foi bem dito, esta actividade se complete com a visita ao Museu Baleeiro.
Lajense de longe a 14 de Março de 2007 às 18:04

Deixem os Madalenas trabalhar e não se metam com eles
Ou vocês conseguem segurar o que lhes resta que é a baleia ou até mesmo isso vão perder.
São muito amorfos os lajenses
o do centro da vila a 15 de Março de 2007 às 14:48

É curioso. Afinal onde reside a apatia? O desenvolvimento que apregoam é fruto de pessoas que nem são dali naturais! Meditem e não "cuspam" para o ar. A observação feita até nem era depreciativa. Mas... e ponto final.

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
17

19
20
21
23
24

26
27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO