Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

22
Mar 07

É cada vez mais difícil estacionar na Vila. Junto ao BCA as viaturas estacionadas em espinha, quando em frente há um recinto camarário ao abandono, quase impedem o trânsito vindo da R.Pe Manuel José Lopes.

No parque (?) de estacionamento da Rua Direita, os acessos pela estrada regional e o mau estado do piso térreo afastam os automobilistas, já tão penalizados pela situação de algumas estradas municipais, onde nem há sinais de trânsito a avisar das irregularidades.  Acresce ainda que o acesso junto à ER, porque mal feito,  já provocou uma derrocada na berma da estrada regional.

A questão não é nova e tarda em melhorar, porque parece haver da parte da autarquia um desinteresse em não resolver o que é minimamente prioritário.Será que há no orçamento corrente, verbas para acorrer a estas situações urgentes? Se apagassem o holofote durante a noite, talvez se poupasse uns tostões para fazerem as reparações necessárias...

ver imagens: http://lajes.blogspot.com

 

publicado por sim às 01:33

as prioridades desta câmara ainda estou para descobrir quais são!!! e ainda querem, gritam e esperneiam a todo o custo que as pessoas fiquem caladas... deviam era ter vergonha. Até que se critica muito pouco atendendo aos disparates que vemos pr'a aí.

Anónimo a 22 de Março de 2007 às 09:36

A criação daquele Parque com holofote ao meio foi também uma medida urgente. Sem projecto e saído da cabeça de um antigo vereador que apesar da sua boa vontade nunca percebeu que o território não se gere na mesa do Lajense por meros impulsos de política de bairro.

Cuidado com as medidas urgentes!
Decidir; Planear e Implementar parece ser o melhor caminho. O tempo dos engenheiros do bitaite parece ter chegado ao fim!
Anónimo a 22 de Março de 2007 às 09:36

Tanto dinheiro gasto em planeamento. São PDM´s, planos de pormenor e outros tantos e mesmo assim nada. Não foi criada uma comissão de trânsito? Forte parto difícil... uma outra pergunta: as obras da Vila não vão ter fim?
Anónimo a 22 de Março de 2007 às 09:52

E o Blog "Fortedesantacatarina"? desapareceu?? Para mim perderam ou engoliram o bico!!
Anónimo a 22 de Março de 2007 às 11:32

Até me admiro que a Câmara das Lajes não tenha ainda mandado encerrar este e outros blogs. Os blogs que por serem muitíssimo incómodos, não interessa ouvir.
A sorte do gestor do blog é não ter a sua identificação à vista da público, caso contrário, pelo que vejo já lhe tinham dito das boas!!!!
Nunca nos esqueçamos que o poder é do povo.
Anónimo a 23 de Março de 2007 às 10:05

O gestor do blogue não teme a influência e poder da CMLP, porque não calunia nem as pessoas nem as instituições. Quaisquer comentaristas que o façam, podem incorrem na alçada da justiça. Portanto, como estamos em Liberdade e quem detem o poder tem-no por delegação temporária do Povo, não há que temer.
A Liberdade de Expressão é um direito consagrado na constituição, como o é também o direito que cada qual tem ao Bom Nome.
Gestor do Blogue a 23 de Março de 2007 às 13:08

Por estar longe, recebo o nosso DEVER com alguns dias de atraso. Mas por conhecer desde há muitos anos, tanto a Sara como o Herâni, acho que podiam ter passado sem se degladiarem publicamente no jornal. Se um é ainda bastante jovem, com sangue a frever nas veias, à Presidente, pelo cargo que tem, exigia-se mais recato, era a melhor resposta. Além disso, vir por em questão instituições como o Hospital e a Junta não lhe ficou nada bem. Não gostei. Isto de dar trabalho a familiaresfaz perder os descernimento na luta partidária... e nunca pode acabar bem. É a minha opnião.
Anónimo a 23 de Março de 2007 às 15:05

Também concordo com a opinião de quem diz que a Sara foi além das suas atribuições. Dar resposta atacando pela via pessoal, quando o que está em causa, segundo parece, são nomeações políticas, seja de quem seja, então a resposta ao Dr. Hernâni deveria ter sido jurídica e política e mais nada. Assim é triste para a nossa "Terra".
Anónimo a 24 de Março de 2007 às 18:35

Costumo receber o jornal à Segunda-feira. Mas segundo me contaram a resposta que o Hernâni deu ao artigo da Sara foi bastante factual, expondo com clareza as razões que o levaram a trazer o caso do Chefe a público. Apesar de nem sempre concordar com a forma como alguns políticos resolvem as coisas através da comunicação social, não posso deixar de enaltecer a frontalidade que este jovem tem mostrado. Porque sei também que há determinados assuntos que só tem resolução quando conhecidos da população e quando se forma uma massa crítica forte e coesa.
São episódios como este que me fazem dar pelos anos a passar e me fazem contar os cabelos branos que já carrego. Ainda me lembro de ver o Hernâni enquanto criança nas ruas da vila e em especial no Baleeiro.
Quanto ao estilo político goste-se ou não, acho que devemos respeitar. A verdade é que perfiro políticos que exprimem aquilo que pensam, do que os sonsos, que querendo estar bem com todos, cheios de sorrisos e falinhas mansas, nunca saem de cima da parede!!! Isso é que não.
Agora a Sara. Tenho de admitir que também tenho por ela uma especial simpatia. E sei que ela tem dado tudo o que sabe pelas Lajes. Agora fez ultimamente umas opções muito discutíveis e disso não tenho dúvida. Quanto àquilo que ela escreveu, tenho de confessar que senti preocupação e vergonha quando li as coisas que disse do Hernâni.
Ela parecia que estava a falar de um marginal, de um inútil na sociedade, de um ignorante. A política não pode permitir isso tudo... dizer que o rapaz não é ninguém??? Que nunca fez nada que se aproveitasse? Levantar suspeitas à vida pessoal e profissional??? Além de ter atingido o bom nome do Centro de Saúde das Lajes e da Junta de Freguesia... Por favor. Vamos ter tento na língua. Vamos parar por aqui. As Lajes só tem a perder com estes ataques!!!! Volto a repetir: misturar questões familiares com política só podia dar m............
Anónimo a 24 de Março de 2007 às 21:24

Concordo com o comentario das 15:05.
Todo este problema nasce por uma nomeação.
No entanto, houve uma para a Camara e outra para a USIP. Ambas politicas.Sem concurso.Cargos de confiança?
Se os telhados sâo ambos de vidro porque atirar pedras?
Julgo que o resultado servirá de gáudio para "muitos espectadores" que vão em surdida fomentando o "debate" e depois apanhnado as canas.
anonimo a 25 de Março de 2007 às 14:40

Não quero ir por aí, mas é bom precisar: uma nomeação para a USIP a Dra. vive e trabalha permanentemente cá no Pico e o outro da Câmara, ao que a<rgumenta o Dr. Hernâni, passa cá alguns dias por mês...
Anónimo a 25 de Março de 2007 às 22:34

Não quero ir por aí, mas a nomeação da USIP a Dra. Economista trabalha e vive permanentemente cá no Pico e o outro nomeada da presidente da Câmara, segundo argumenta o Dr. Hernâni só passa cá alguns dias por mês
Anónimo a 25 de Março de 2007 às 22:36

Essa dos telhados de vidro tem piada. Então ninguém dizia nada e ficavamos todos contentes e satisfeitos!!! Assobiamos para o lado e ninguém se importava com nada. Acho uma opção formidável!!
O que me parece que tem de ser esclarecido como muito bem diz o Hernâni é se alguém que todos sabem que não para tempo nenhum nas Lajes, pode exercer um cargo como que "através da internet" e receber o vencimento como se estivesse sempre presente. Já para nem falar da questão de ser marido da Presidente da Câmara.... afinal: não essa a razão para tudo isto???
Anónimo a 25 de Março de 2007 às 23:43

Os telhados de vidro são referidos quando se reportam a actos identicos.
Se por acaso o caro anonimo "entrou, tambem, pela porta do cavalo", lamento que o barrete lhe tenha servido. Se não, pode comentar à vontade, porque, então, não tem telhados de vidro nesta matéria.
lajense longe a 26 de Março de 2007 às 12:43

Ora aí está mais uma vergonha! Se fosse para dar tacho ao Chefe já tinha sido feito, agora como se trata de fazer algo pelo povo das Lajes está quieto... Esta presidente já não é solução. Que venha o próximo e se possível, um pouco melhor (não é preciso muito para o ser...).
José da Ribeira a 24 de Março de 2007 às 01:51

Oh homem, então não havia uma rua planeada-projectada que saía desse parque? Responda quem souber...
Anónimo a 24 de Março de 2007 às 18:32

Novo post em almalajense
http://almalajense.blogspot.com
almalajense a 25 de Março de 2007 às 23:34

Exmos comentadores,
Tendo em conta que este espaço é publico, de livre acesso e livre de censura, solicita-se encarecidamente que não se recorra ao anonimato, por pena de pecar no bom termo das graves acusações inscritas amiúde.
Saudações a todos os Picoenses, mesmo àqueles que de Évora.
FAQmaster a 27 de Março de 2007 às 02:40

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
17

19
20
21
23
24

26
27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO