Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

04
Abr 07

Ainda se está a tempo de se colocar informação adequada junto aos sítios históricos das Lajes, dando-lhes a merecida visibilidade.

Um deles é, na Ribeira do Meio, a Ribeira de Fernão Álvares, o primeiro povoador, cuja ponte e casa contígua merecem ser assinaladas. E agora que a antiga fábrica da baleia está quase recuperada, vale a pena associar estes monumentos ao mesmo percurso.

Outro sítio é o velho poço junto à Maré, ao lado do caminho velho da Vila, cuja calçada romana ainda conserva os rodados dos carros de bois que íam e vinham das terras e, como tal, deveria ser um percurso recomendado...

A isto associamos também as canadas da Vila - a da Maricas Tomé, transitável, e do Manuel Velho, praticamente interrompida junto à estrada, por onde se acedia às terras mais altas da Vila, antes da estrada passar...

Manter intactos estes bens patrimoniais não é conservadorismo. É, sim, preservar e compreender as etapas por que passaram os lajenses até ao que hoje têm e são e que, outros povos por nós conhecidos, como por exemplo o norte-americano, resguardam com todo o empenho e carinho.

E nós que temos no Museu dos baleeiros o melhor exemplo de quanto apreciam os visitantes a nossa história, por que esperamos para desenvolver um plano de recuperação deste património histórico, sinalizando-o com imagens antigas e informações em português e inglês?

ver imagens: http://lajes.blogspot.com

 

PS: Se pretende uma imagem das Lajes do Pico neste momento clique em: http://www.climaat.angra.uac.pt/WebCams/index.htm

publicado por sim às 14:14

Boa chamada da atenção e bonitas fotos.
Muitos lugares referenciados me são queridos.
A Ladeira do Manuel Velho que tantas vezes subi e desci, o poço da maré e a calçada romana por onde tantas vezes, tambem, passei.
É importante não se esquecerem destes lugares, porque fazem parte da historia desta avoenga vila.
Lajense de longe a 4 de Abril de 2007 às 19:07

UMA SANTA E FELIZ PASCOA PARA TODOS OS MEUS PATRÍCIOS , SÃO OS MEUS SINCEROS VOTOS.
ALELUIA! CRISTO RESSUSCITOU.

Há um novo post no http://lepratecoma.blogspot.com alusivo à quadra pascal.
Votos de Boa e Santa Páscoa para todos os leitores e comentadores deste blog, especialmente para o seu autor e gestor a quem peço que continue a postar temas tão interessantes e do agrado geral.
mouraria a 6 de Abril de 2007 às 00:20

TEM TODO O MEU APOIO O GESTOR DESTE «BLOG«, PORQUE ABORDA COM FRONTALIDADE OS TEMAS, PELO QUE DAQUI LHE ENVIO OS MEUS MAIS SINCEROS PARABÉNS. VÁ EM FRENTE E PROSSIGA COM SABEDORIA E DESASSOMBRO, SEM TER MEDO DE AMEAÇAS VELADAS DUM CERTO CACIQUISMO IMPORTADO PORQUE AINDA É CAPAZ, COM MODERAÇÃO E ACTUALIDADE ESCREVER E COLOCAR NO CIBER-ESPAÇO O QUE DE BOM SE FAZ, SE PODE FAZER E SE DEVERIA FAZER PARA A NOSSA AVOENGA VILA, QUE, FELIZMENTE E CONTRARIANDO ALGUNS «VELHOS DO RESTELO», NÃO «PAROU NO TEMPO».
BALEEIRO a 6 de Abril de 2007 às 23:17

E não custa nada...
No "CasteleteSempre" já tinha chamado a atenção para algum deste património, e saúdo este post.
São "obras" relativamente fáceis de executar e que tornarão ainda mais atraente a Vila das Lajes.
joseaugustosoares a 4 de Abril de 2007 às 22:42

A alegada primeira casa do Pico está num estado de abandono lastimável, assim como aquela que deve ser uma das primeiras pontes que se construiram na ilha.

Aliás, segundo ouvi na última sessão da assembleia municipal a câmara municipal quando interpelada por um dos deputados municipais sobre essa questão não tinha, para variar, respostas a dar.

São estes pequenos marcos, pelo facto da Vila das Lajes ter sido o primeiro povoamento da ilha que nos distinguem dos restantes concelhos. Não se pode desperdiçá-los.

Continuem a apostar em teatros e cinemas que vão longe!!!!
Anónimo a 5 de Abril de 2007 às 10:10

Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
18
19
20

22
23
25
26
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO