Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

08
Nov 07

Está prestes a expirar o prazo para apresentação de candidatura ao cargo de gestor da CULTURPICO, Empresa Municipal. Trata-se de uma entidade empresarial cujos objectivos são tão vastos e abrangentes que chegam a pôr em causa os da própria Câmara Municipal.

O anúncio é primeira página do sítio www.municipio-lajes-do-pico.pt , juntamente com outras duas festas de São Martinho em São João e na Calheta, ambas com os mesmos artistas - como se entre nós não houvesse tão bons como eles. Oferece-se o ordenado de 1.963,71 euros + casa+ subsídio de fixação e pretende-se um gestor omnisciente de matérias tão vastas como: turismo, ciências do mar, cultura, financiamentos bancários e captação de investimentos, habitação, etc, etc, etc um(a) super-homem ou mulher, um(a) super-gestor(a), de fato escuro e gravata de marca, ou vestido negro e permanentemente penteada.

Deve já existir na mente do presidente da EM e seus vogais, cujos vencimentos ou senhas de presença e demais alcavalas não se publicita, alguém de fora, para ocupar este cargo. Um gestor urbano de perefrência "made" numa universidade privada, com académicos conhecimentos locais e regionais, capaz de vir a ser um futuro quadro partidário e quiçá um futuro autarca.

Quem irá avaliar este super gestor, tão competente e dinâmico terá de ser em matérias tão relevantes? Um Juri universitário, só poderá ser, isento, competente, omnisciente.

Estou inquieto por saber em quem recairá a escolha. Da terra não deverá ser, certamente, porque os de cá têm residência e não necessitam nem de casa nem de subsídio de residência, como benesse. 

Quando os gestores autarcas criam entidades e não sabem o quê e como fazer com elas, o recurso ao super-gestor, tecnocrata e neo-liberal é a solução mais corrente.

 A ver vamos quem se habilita a este honeroso cargo da EM, há meses à espera do seu messias.     

 

 DESTAQUE



CULTURPICO, EM
OFERTA DE EMPREGO
A CULTURPICO, Empresa Municipal tem como objectivos a criação, implementação, desenvolvimento, instalação, gestão, participação e conservação de equipamentos turísticos, desportivos, recreativos, culturais, ambientais e habitacionais de âmbito local no Município das Lajes do Pico. Pretende contratar
GESTOR
(M/F)
FUNÇÃO
- Gestão da Empresa Municipal, respondendo directamente à Administração
- Trabalho colegial com outros colaboradores da EM com responsabilidades directivas

PERFIL
- Formação académica: Licenciatura em Gestão ou Gestão de Empresas
- Experiência profissional: em áreas de gestão de empresas, em lugares de direcção/coordenação, com pelo menos 3 anos de experiência
- Orientação por objectivos
- Dinamismo e sentido de responsabilidade
- Disponibilidade imediata
- Conhecimento de fontes de financiamento

OFERECEMOS
- Integração num projecto atractivo, inovador e de futuro
- Remuneração equiparada a quadro técnico da administração pública (Assessor – Índice 610)
- Alojamento e subsídio de fixação
- Contrato individual de trabalho, por um período de 1 ano, com possibilidade de ingresso no quadro da Empresa

AVALIAÇÃO
- Currículo académico e profissional
- Entrevista
Nota: são factores de valorização na avaliação do currículo académico e profissional: conhecimentos comprovados e experiência em áreas culturais e turísticas; conhecimentos e experiência comprovados em ciências do mar; conhecimento da realidade local e regional.

APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
Carta, acompanhada de currículo académico e profissional, portfolio e outra documentação considerada complementar, até 15 de Novembro de 2007, para:
CULTURPICO, E.M.
Centro de Artes e de Ciências do Mar (antiga fábrica da baleia SIBIL)
Rua do Castelo
9930-138 LAJES DO PICO
Telefone/Fax: 292679330-1-2-3-4-5-6-8-9
Fax: 292679337
E-mail: geral@municipio-lajes-do-pico.pt
www.municipio-lajes-do-pico.pt

publicado por sim às 12:27

Segundo nos conta um melro que por aqui anda já temos gestor ou melhor gestora pois a dita pessoa em questão já se anda a despedir dos colegas de trabalho mas olha que o mundo dá muitas voltas...
Zézinho a 8 de Novembro de 2007 às 17:00

Gosto particularmente desta exigência:

"Trabalho colegial com outros colaboradores da EM com responsabilidades directivas"

Está-se mesmo a ver que isto é coisa do chefe. E que quem vier, não ouse sequer levantar a garimpa ou questionar o projecto megalómano que o chefe tem para o nosso Concelho, facilmente desmanchado do ponto de vista ético, politico e, neste caso, económico.

Como será possível ter-se chegado a um tal ponto em que um chefe e seus comparsas movimentam esta máquina Autárquica como que se de uma empresa familiar se tratasse.

Oposição: alô; alô????
Anónimo a 8 de Novembro de 2007 às 17:16

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO