Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

14
Jan 06
Fiquei abismado com a trevelação que a Câmara das Lajes do pico foi a única nos Açores que não apresentou análises periódicas ao Instituto nacional da água como manda a lei. Porquê? Porque teme que os munícipes conheçam a má qualidade da água de consumo? Teme que isso ponha em causa os elevadíssimos investimentos feitos prela autarquia na rede de distribuição de água que colocam a autarquia endividada até aos cabelos?
Teme a verdade dos factos e opções faraónicas cujos resultados não redundam na boa qualidade da água? Mas os consumidores já sentem os testes quando bebem o fundamental líquido. por acaso nunca ouviram dizer que a água das lajes é mais salobra que a da Silveira, que a água da ponta da Ilha- Piedade é puro sal? Façam testes, senhores autarcas, sejam responsáveis e não enganem os consumidores que pagam as taxas que a CM pede. E que faz o delegado de saúde local face a estas graves informações da QUERCUS? Está preocupado ou desinteressado?
É que se há concelhos onde a rede de distribuição é velha, neste é o contrário.
Então Sra Presidente que espera pelo esclarecimento público? Este é um caso de saúde pública que deveria levar os consumidores a boicotarem o pagamento da água, enquanto não forem prestados esclerecimentos cabais que transquilizem as pessoas. o tempo do obscurantismo já terminou e os lajenses merecem mais respeito pela legalidade.
Quem responde a isto, mesmo que seja do site da Câmara?
Já agora, será que O DEVER vai dar a notícia e abordar esta questão? Então sra vereadora/redactora de O DEVER, informar com isenção é isto. Percebe agora porque é que os dois cargos são incompatíveis?
publicado por sim às 20:02

Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13

15
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO