Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

13
Set 08

Estas são imagens do projecto do futuro Parque Temático Jardim da Baleia. Estão patentes no local que outrora foi o campo de futebol. O lançamento do concurso foi anunciado até ao final do ano.

É um projecto interessante, mas as imagens, necessitam de mais informação para que se saiba as funções de determinados espaços. Creio que há um anfiteatro ao ar livre, um pavilhão para conferências e exposições, e espelhos de água. Será que o espaço interior da baleia é para ser utilizado? Poderia ser um espaço multimédia.  Sugiro também que se retire o parque de estacionamento, contíguo, do lado do mar.

Para quê tanto espaço reservado aos automóveis, quando as novas orientações são para retirá-los o mais possível dos circuitos urbanos? Se faltam mais espaço, há mais junto ao parque de campismo, onde estão algumas embarcações, E depois, por que não promover o uso dos velocípedes com e sem motor?

Será que está previsto um circuito pedonal onde se possa andar em piso melhor que o das ruas da vila?

 

publicado por sim às 11:18

Bem, bom aspecto tem, mas é uma maqueta e a malta já sabe como é que são as coisas... Em maqueta fica sempre tudo muito bonito...
Às vezes depois de realizadas, as obras parecem outras.
Gosto da baleia :)
Hélder Blayer a 13 de Setembro de 2008 às 15:43

Gosto da ideia do mar a tocar no muro. Vê-se que pensaram nas alterações climáticas.LOL Estou só a brincar! O projecto, na minha opinião está muito interessante. Quanto ao estacionamento, discordo com o gestor deste blog, está muito bem enquadrado e puderá ser fonte de rendimento para a autarquia se for parque pago pelo utilizador. Além disso parece não existir barreiras à circulação de bicicletas e penso que tenha sido idealizado com vista a puder ser utilizado por deficientes. Espero que algum daqueles espaços seja espaço comercial (esplanada, restaurante, loja de souvenirs) o que será uma mais valia para os comerciantes que os queiram explorar e para o municipio uma fonte de receita para a manutenção deste espaço.
mrodrigues a 13 de Setembro de 2008 às 17:01

só não percebo onde vêem espelhos água?...
anonimo a 13 de Setembro de 2008 às 18:12

Continuem assim...
Acabem de vez com o que resta das Lajes do Pico e que realmente era bonito. Estou a falar da história das Lajes que está a ser sobreposta e apagada por construções em betão, a maior parte delas sem a mínima utilidade.
Estou a morrer aos poucos a saber que tudo está a ser destruído. A caravela é para quê? simboliza o quê? Coisas destas existem em todo o lado... a beleza que as Lajes tinha não...
Inovação? concordo com ela, mas não estraguem as Lajes!
IM a 14 de Setembro de 2008 às 23:12

Concordo que a caravela nada tem a ver com o jardim da baleia. Uma canoa baleeira sim. Mas é uma mera opinião. Agora penso que a baleia deveria ter um espaço interior multimédia, com as melhores imagens da actividade baleeira e até de jogos (que não os há que eu saiba,) destinados ensinar aos mais novos o que era uma caçada à baleia, etc. Como nós fazíamos no nosso tempo quando brincávamos com botes feitos de cana da Ladeira, simulando a baleação . Por que não pensar-se num aquário, com golfinhos, como há no jardim zoológico? Não é viável? Custa muito dinheiro? Mas não se pagaria?
Já agora pergunto: pensou-se na subida das águas do mar, alteando a muralha?
vigia a 14 de Setembro de 2008 às 23:50

Acha mesmo que numa terra em que uma das principais atrações turisticas é o Whale Watching, um tanque com Golfinhos seria uma opção inteligente?
Anónimo a 16 de Setembro de 2008 às 23:14

este projecto é mau de mais para acreditar que algum dia venha a ver a luz do dia. ou melhor, é óptimo para a eurodisney ou disneyland.

a vila é demasiado pequena para ser transformada num parque de diversões!!!!! É desastrosa a dimensão que vai ser ocupada com um parque temático...

não é preciso ter dois dedos de testa para perceber que o autor do projecto nunca pôs os pés em terras baleeiras...
Anónimo a 15 de Setembro de 2008 às 12:47

Não irem parte de voçês para a Lepra que vos Coma, pois naada do que se faz por aqui está bem, é bom ou vale a pena, todo tem defeito, faz-se critica-se por fazer nada se faz critica-se da mesma maneira, é incrivel esta mentalidade, foram anos e anos sem nada se fazer enquanto os outros lugares desenvolivia, e por aqui a ver a bola a passar,por isso é bom colocara mão na consciençia amigos.
Carlos Silva a 15 de Setembro de 2008 às 21:41

Foi um Concurso?

O Juri foi o mesmo do Baleia de Marfim?

Ou o desenho é do Rita?
Anónimo a 16 de Setembro de 2008 às 08:06

O projecto esta muito bem concebido, se foi feito por uma pessoa que nunca esteve na Vila, não é relevante, porque muitos já tiveram cá e nada fizeram. É um espaço necessário e importante, na sequência daqueles que já foram construídos Faço também um alerta para os responsáveis , para não se esquecerem de construir um hotel na Vila porque, é importantíssimo para o desenvolvimento turístico Temos que ser uma Vila de turismo por excelência e é por este caminho que temos que seguir!!!
josé manuel medina a 16 de Setembro de 2008 às 12:36

Não há dúvida que com este projecto aquela zona fica melhor do que está, mas isso também não seria difícil, bastava limpar o espaço e plantar um relvado.
A minha questão é: que utilidade serve para uma vila que tem grandes carências de espaço, transformar toda aquela área num parque temático?
Mas grave, em frente ao pavilhão, ao fim de tanta espera vamos transformar aquele espaço em parque de estacionamento?
Era importante ter-se lançado um concurso de ideias, não era preciso mil, bastavam algumas...
Anónimo a 16 de Setembro de 2008 às 13:28

Vi uma descrição do projecto nO Dever. Fiquei elucidado, mas julgo que a superfície azul, pode ser um espelho de água, onde as crianças tenham um fácil contacto com a água, sobretudo nos dias quentes de verão.
Quanto ao resto, sou da opinião do autor do blog. Tanto espaço destinado ao estacionamento dos popós, ali junto a um espaço relaxante, é sugestão a considerar.
Aplaudo a utilização de árvores flora endémicas picoense em número que façam sombra.
vigia a 17 de Setembro de 2008 às 16:16

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO