Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

08
Jan 09

Crescem as interrogações sobre o lançamento a concurso da Nova Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico.

O projecto foi, inicialmente, contestado pelo anterior Presidente da Câmara Cláudio Lopes e, posteriormente, defendido como a melhor opção; idêntica atitude tomou a sua sucessora e actual Edil; o mesmo sucedeu aos deputados socialistas picoenses que tomaram a defesa da ampliação do actual edifício e, depois, numa fuga em frente e, certamente, respondendo a forças sociais e políticas entre as quais o PS das Lajes, mudaram de opinião e apressaram-se a acautelar os terrenos para que não se construísse no Biscoito.

Mas já passaram mais de dois anos. e até agora, NADA!

Nessa altura, já os docentes e a direcção da escola reivindicavam  a necessidade urgente de melhores instalações e equipamentos escolares, como tem feito o Governo noutras escolas e concelhos.

Teme-se, todavia, que, perante a crise, o Governo desvie as verbas  destinadas à construção da Escola  para sectores económicos destinados a beneficiar a saúde(?) das empresas e a manutenção de postos de trabalho. E o ensino em que fica? Passa a parente pobre?

Esperemos para ver o novo plano e orçamento do GRA para 2009.

Uma coisa é certa:

a Escola das Lajes, remodelada ou construída de raiz, é um projecto que não pode esperar mais tempo, nem andar ao sabor de conjunturas e de interesses muito questionáveis.

OS LAJENSES: PAIS, ALUNOS, DOCENTES E A COMUNIDADE EM GERAL, CLAMAM POR JUSTIÇA, POIS TÊM TAMBÉM DIREITO A UM ENSINO MINISTRADO EM BOAS INSTALAÇÕES, PARA BENEFICIAR A POPULAÇÃO ESCOLAR, FUTURO DA NOSSA TERRA.

publicado por sim às 16:33

Afinal, onde fica a escola?
Anónimo a 9 de Janeiro de 2009 às 09:42

Fiquei na expectativa, mas como mais ninguém "veio a terreiro" estou quase ciente de que o assunto ainda aguarda. Então esperemos pelo que há-de vir. Não é por que um empreendimento entrou no prospecto eleitoral que tenha de ser apresentado de imediato... Há 4 anos para realizar. Ok. Estou enganado?
Rui Pedro Ávila a 14 de Janeiro de 2009 às 17:31

De facto, não se percebe como esta situação ainda não foi resolvida. Até porque Álamo Meneses deixou boas escolas em todos os concelhos dos Açores, à excepção de Lajes do Pico.
Com uma remodelação da actual escola, ou com uma nova feita de raiz, pior do que estamos será impossível.
Só mesmo falta continuar tudo na mesma com a desculpa da crise. Mas, afinal a crise não vai servir para aumentar os investimentos públicos em estradas, aeroportos, portos e outras infra-estruturas?
Na verdade, está cada vez mais difícil de arranjarem uma boa desculpa, mas também não é preciso porque, quer chova ou faça sol, nas próximas eleições havemos de dar 2 deputados ao PS e 2 ao PSD.
Paulo Pereira a 11 de Janeiro de 2009 às 22:15

Paulo, Não quero ir por aí, mas sei que entre o que uns pensam e outros escrevem, como eu, vai uma enorme diferença. O projecto vai avançar, mas também penso que será difícil equacionar uma nova escola sem definir o que será feito da anterior. Não me parece despropositado que avance primeiro a da Ponta da Ilha. É que, foram gastar uma fortuna na ampliação da Básica da vila das Lajes, se, como agora está a ser implementado, se tiver de levar para os Biscoitos a Básica, então muito mais se terá de esperar... Percebem?
Rui Pedro Avila a 16 de Janeiro de 2009 às 00:28

O projecto da nova escola das Lajes existe e pode ser consultado por qualquer cidadão nas instalações da actual escola, onde se encontra exposto. Tudo está, neste momento, dependente, entre outros factores, da concretização da compra dos vários terrenos particulares envolvidos, na zona dos biscoitos, por parte do governo regional, processo que esteve entregue aos tribunais e que conheceu, há não muito tempo, avanços significativos e, provavelmente, definitivos.
Não tenho dúvidas, portanto, que a nova escola será uma realidade a curto prazo.

Cumprimentos a todos
Hugo Goulart a 16 de Janeiro de 2009 às 17:12

O governo foi julgado pelo povo em outubro ultimo. os resultados estão disponiveis e sao conhecidos de todos. Agora devemos é concentrar-nos na zona industrial 8onde está??!) nos jardins magicos, teatros megalomanos, revistas, ma(g)mas do chefe, ética ou falta dela, empresa municipal, etc.. etc... A palavra esta do lado do eleitorado e outubro é ja a seguir...
OBAMA a 19 de Janeiro de 2009 às 23:56

Bem ainda não é para este ano, pois no ultimo conselho de governo nesta sexta feira passado nem uma palavra sobre esta obra, de todas as ilhas foi inumeradas obras em escolas para este ano e nada para esta, mais uma vez um ano em branco mais uma promessa...
Carlos Silva a 20 de Janeiro de 2009 às 13:19

Realmente todos tem razão. A culpa é do chefe!
Entendeu não incluir no orçamento do corrente ano.Afinal. ele lá sabe.
Tenham calma e não atirem pedras, porque o vosso telhado é fragil.
Fanatismo é doença. O que se precisa é de serenidade e descernimento, porque a crise, embora, os Srs. do nosso Governo digam que não, ela aí está, para nos tornar mais pobres.É bom que se lembrem que o tempo de antigamente em que estavamos "orgulhosamente sós", já passou.
anonimo a 1 de Fevereiro de 2009 às 18:42

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO