Vila Primeira da Ilha do Pico. Vila baleeira dos Açores. Mar e Terra cruzam-se numa História de 500 anos.

11
Jul 05
Sem fim á vista. Passam os dias, os meses, os anos e não terminam as obras de recuperação dos caldeiros e da rampa da baleia.
Mas afinal que falta? Dinheiro? projecto? Mas há fotos antigas que revelam como era o caneiro antigamente!...
É triste mas é verdade, a Câmara tanto diz que faz e que fez que o fracasso e a incompetência, a mediocridade... estão à vista.
E é assim há anos, lajenses.
Vamos dar a volta a isto, para que surja um futuro melhor para nós e para os nossos filhos.
As Lajes valem a pena, com gente capaz, não com autarcas mediocres, sem ideias e sem projectos.
Os lajenses merecem que o herário público seja servido com competência.
Já não chegava o mamarracho do Cruzeiro, agora mais aquela obra de Santa Engrácia, a juntar a outras, tantas a que já se habituaram os lajenses. Até quando?
publicado por sim às 00:34

Julho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
blogs SAPO